top of page
  • Rede ODS Brasil

Oceano saudável e seus impactos para a sociedade - Região Norte


No dia 14 de julho ocorrerá o webinar Oceano saudável e seus impactos para a sociedade, com a participação de:

  • Fabiano Thompson - Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

  • Norbert Fenzl - Universidade Federal do Pará (UFPA).

  • Patrícia Menezes - Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS/PA); Rede ODS Brasil


O tema está relacionado aos desafios da Década do Oceano: poluentes e ecossistemas. E aos resultados esperados: oceano limpo, oceano saudável e resiliente.


Este é segundo webinar da série Rumo ao oceano que queremos e precisamos para alcançar o desenvolvimento sustentável - Região Norte, uma iniciativa da Rede ODS Brasil, realizada em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (SEMAS/PA) e a Rare, com o endosso da Década das Nações Unidas da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável e o apoio do The Climate Project Brasil.


Assista no Canal Youtube Rede ODS Brasil.


Esta ação contribui com diversos ODS, em especial com as metas:

12.8 Até 2030, garantir que as pessoas, em todos os lugares, tenham informação relevante e conscientização para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza

14.1 Até 2025, prevenir e reduzir significativamente a poluição marinha de todos os tipos, especialmente a advinda de atividades terrestres, incluindo detritos marinhos e a poluição por nutrientes

14.2 Até 2020, gerir de forma sustentável e proteger os ecossistemas marinhos e costeiros para evitar impactos adversos significativos, inclusive por meio do reforço da sua capacidade de resiliência, e tomar medidas para a sua restauração, a fim de assegurar oceanos saudáveis e produtivos

14.c Assegurar a conservação e o uso sustentável dos oceanos e seus recursos pela implementação do direito internacional, como refletido na UNCLOS [Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar], que provê o arcabouço legal para a conservação e utilização sustentável dos oceanos e dos seus recursos, conforme registrado no parágrafo 158 do “Futuro Que Queremos”

bottom of page