• Patrícia M. Menezes

Educação Ambiental: dialogando para a sustentabilidade da Zona Costeira Paraense

Atualizado: Mar 23


A série de eventos tem como objetivo disseminar conhecimento sobre Educação Ambiental para os 47 municípios costeiros paraenses destacando sua relação com a Agenda 2030, a Década do Oceano e a Década da Restauração dos Ecossistemas.


Para isso, foram identificados alguns desafios para a Gestão Ambiental Municipal na Zona Costeira Paraense de acordo com os setores estabelecidos na Política Estadual de Gerenciamento Costeiro do Pará.



PROGRAMAÇÃO


17/03 - Gestão de Resíduos Sólidos

Setor 3: Continental Estuarino

Abaetetuba, Barcarena, Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara do Pará, Santa Isabel do Pará, Inhangapi e Castanhal.


15/04 - Gestão de Resíduos Sólidos

Setor 1: Marajó Ocidental

Afuá, Breves, Anajás, Chaves, São Sebastião da Boa Vista, Curralinho, Melgaço, Portel, Bagre, Oeiras do Pará e Gurupá.


13/05 - Gestão de Resíduos Sólidos, turismo desordenado e exploração de manguezais

Setor 2: Marajó Oriental

Santa Cruz do Arari, Soure, Salvaterra, Cachoeira do Arari, Ponta de Pedras e Muaná.


10/06 - Gestão de Resíduos Sólidos e exploração de manguezais

Setor 4: Flúvio-Marítimo

Colares, Vigia, Santo Antônio do Tauá, São Caetano de Odivelas, São João da Ponta, Curuçá, Terra Alta, Marapanim, Magalhães Barata e Maracanã.


24/06 - Gestão de Resíduos Sólidos e exploração de manguezais

Setor 5: Costa Atlântica Paraense

Santarém Novo, Salinópolis, São João de Pirabas, Primavera, Quatipuru, Capanema, Tracuateua, Bragança, Augusto Corrêa e Viseu.

106 visualizações0 comentário

Parceria Institucional