• Rede ODS Brasil

Institucionalização da Agenda 2030 no Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia

Atualizado: Nov 14


No webinar de hoje, Fábio Eon abordou o papel da UNESCO na implementação da Agenda 2030, a importância da Educação e da Ciência para o atingimento de diversos ODS e apresentou algumas ações em andamento, como as Oficinas da Década do Oceano.


Sávio Raeder ressaltou a importância do conhecimento científico para subsidiar os tomadores de decisão e a elaboração de políticas públicas, apresentou as ações desenvolvidas pelo MCTI para institucionalizar a Agenda 2030 no Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia, conforme estratégia elaborada por MCTI, FINEP, CAPES, CNPq e Rede ODS Brasil para a Câmara Temática Parcerias e Meios de Implementação da Comissão Nacional para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (CTPMI-CNODS).


A Moderação foi feita por Patrícia Menezes.


O webinar foi gravado e pode ser assistido no Youtube.

SOBRE A SÉRIE DE WEBINAR

A série de webinar sobre a Agenda 2030 é uma iniciativa da Rede ODS Brasil, realizada em parceira com a Rare. E tem o apoio institucional do GT Agenda 2030 e da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (SEMAS).

SOBRE OS PARTICIPANTES

  • Fábio Eon Coordenador dos programas de Ciências Humanas e Sociais (SHS) e Ciências Naturais (SC) da UNESCO no Brasil. É cientista político de formação (Universidade de Brasília - UnB) e mestre em gestão de projetos (University College London - UCL). Atuou como consultor de responsabilidade social e sustentabilidade para empresas de petróleo e mineração e desde 2002 trabalha na UNESCO.

  • Patrícia Menezes Cofundadora da Rede ODS Brasil. Diretora de Ordenamento, Educação e Descentralização da Gestão Ambiental na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará.

  • Sávio Raeder Diretor do Departamento de Políticas e Programas de Ciências no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Geógrafo formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com Especializações em Administração Pública (Fundação Getúlio Vargas) e em Políticas de Solo Urbano na América Latina (Lincoln Institute of Land Policy). Mestre em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e Doutor em Geografia pela UFRJ. Em 2010 foi nomeado Analista em Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Desde 2015 exerce as funções de Diretor de Políticas e Programas de Ciências e Secretário Substituto da Secretaria de Políticas para Formação e Ações Estratégicas (SEFAE) do MCTIC. Áreas de atuação: Fortalecimento do Sistema Nacional de CT&I, Implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, Formulação de Políticas nos temas Clima, Oceanos e Cidades Sustentáveis.

6 visualizações

Parceiras Institucionais