Tecnologia Social e Saneamento Ecológico

O banheiro seco é uma alternativa ecológica para o tratamento de fezes humanas. Apesar da semelhança estética com o banheiro comum, nele as fezes são tratadas separadas da urina.

 

As fezes são armazenadas em um local sem contato com o ambiente externo, onde a cada defecação a pessoa joga um punhado de serragem sobre as fezes para mantê-las secas e evitar o mau cheiro.

 

A urina é encaminhada a um sistema fechado de tratamento de águas cinzas (bacia de evapotranspiração), onde através de plantas semi-aquáticas, a água da urina é evaporada pelas folhas e seus nutrientes também utilizados pelas plantas.

Sem água, o banheiro seco evita o lançamento de dejetos em tubulações ligadas à centros de tratamento ou diretamente em arroios e rios, para não os poluírem, e também produz composto orgânico no final de seu processo.

Através do banheiro seco, é possível ensinar o método cíclico da natureza, onde nenhum recurso é desperdiçado.

O banheiro seco gera economias para quem o possuí, como:
* Cessar o uso de água na instalação sanitária
* Evitar uso de tubulações ligadas a rede coletora de esgoto
* Evitar o gasto com adubo para árvores frutíferas

 

O saneamento ecológico descentralizado e a gestão de resíduos sólidos orgânicos são alternativas para combater a poluição ambiental, para o desvio do que é enviado aos aterros e para gerar adubo rico em nutrientes para o plantio de árvores frutíferas.  

 

O Mandato do Vereador Marquito (PSOL-Florianópolis/SC) desenvolveu um banheiro seco, móvel e desmontável que pode ser utilizado em diversos ambientes e situações, inclusive em eventos públicos, substituindo os banheiros químicos.

 

A Rede ODS Brasil destaca esta iniciativa como Boa Prática de implementação da Agenda 2030.

 

 Quer saber como funciona? Assista ao vídeo em nossa fanpage.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

IV Encontro Nacional da Rede ODS Brasil

October 6, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo