top of page
  • nelsemas

Tramitam no Senado projetos de Lei que visam maior proteção aos direitos das mulheres

O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (30) o projeto de lei que prevê multa para empresas que pagarem salários diferentes para homens e mulheres que exerçam a mesma função. O PLC 130/2011, da Câmara dos Deputados, segue agora para sanção presidencial.


O projeto insere a multa na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A empresa punida deverá compensar a funcionária alvo da discriminação com o pagamento de valor correspondente a até cinco vezes a diferença verificada. Essa indenização deverá ser multiplicada pelo período de contratação, até um limite de cinco anos.


Além disto, será votado hoje (31/03) no Senado projeto de Lei que facilita ações para mulheres agredidas Projeto de Lei (PL) 3.244/2020, que garante às mulheres em situação de violência doméstica e familiar o direito de optarem pelo ajuizamento de ações de família nos Juizados de Violência Doméstica e Familiar. O texto altera a Lei Maria da Penha (Lei 11.340, de 2006).


Estas e outras legislações municipais, estaduais e federais asseguram o cumprimento do ODS 5. Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.


Este conteúdo foi produzido pelo Núcleo de Estudos Legislativos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará, com o objetivo de colaborar com a Campanha Ficha Limpa da Agenda 2030, promovida pela Rede ODS Brasil.



Para saber mais visite os nossos canais de informação:

Site da SEMAS/PA: https://www.semas.pa.gov.br/

Acesse o Portal Legislativo da SEMAS/PA: https://www.semas.pa.gov.br/legislacao/

Acesse o Canal no Telegram: https://t.me/nelsemas

bottom of page